Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

09.Fev.08

municípios a tutelar docentes

Aqui está uma notícia que nem é boa nem má, porque será boa nos concelhos onde o executivo camarário tem demonstrado uma consciência da importância da educação (e não só) e obviamente será má para os docentes que leccionam em concelhos onde as questões pedagógicas são relegadas para última prioridade .

Que dizer de uma câmara, cujo executivo encara  as verbas utilizadas na cultura, por exemplo, como uma despesa e não como um investimento.

Porquê atribuir mais competências e responsabilidades a uma câmara, que  tudo faz para alienar as suas responsabilidades na gestão e tutela de equipamentos como o Teatro Rivoli, o Pavilhão Rosa Mota, o Mercado Ferreira Borges, por exemplo?.

Porquê atribuir mais responsabilidades a uma câmara, que não dispõe sequer da disponibilidade de fornecer terra para meia dúzia de vasos a uma escola?

Para quê atribuir mais responsabilidades a uma câmara, que deixa passar 15 anos sem proceder a qualquer obra de manutenção nos edifícios escolares, que já são da sua competência?

Por tudo isto, esta não me parece uma boa ideia. É mais uma vez o Ministério da Educação e o seu Governo a alijar responsabilidades numa matéria que é de interesse nacional.