Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

12.Fev.08

roleta americana

A possibilidade de o 44º presidente dos estados unidos ser uma mulhar ou um negro é bem real, como parecem indicar os últimos resultados das primárias já realizadas, embora ainda a procissão vá no adro, como se costuma dizer.

Confesso que a presença de uma mulher (a primeira) na Casa Branca seria muito interessante do ponto de vista de uma maior sensibilidade para outras questões que não apenas as do policiamento do mundo, mas contra Hilary Clinton joga o facto de o seu marido Bill Clinton já ter presidido durante oito anos e, provavelmente, ela não se libertar dessa imagem que não foi muito feliz, como se sabe.

Entre Bush e Clinton já passaram 2 décadas. Hilary pode muito bem ser mais do mesmo. A Casa Branca precisa de uma lufada de ar fresco.

Daí que a hipótese Barak Obama (seria o 1º presidente negro da história estadounidense) se apresenta como a mais desejável, do meu ponto de vista, para repor alguma justiça e representatividade ao povo americano.

Nas questões políticas, nada é linear, e muita água ainda vai correr debaixo das pontes até que saibamos quem será o(a) próximo(a) inquilino(a) da Casa Branca.