Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

20.Fev.08

A renúncia de Fidel Castro

Fidel Castro renunciou aos cargos que desempenhava no comando dos destinos de Cuba. Com 81 anos, e após um período conturbado de 19 meses, o Comandante tomou a decisão de se demitir, alegando motivos de falta de saúde.

Obviamente, com esta idade, a decisão de Fidel não provoca qualquer surpresa. O acontecimento há muito que é esperado, quer pelos dissidentes e os seus apoiantes que esperam pelo momento de estabelecer um novo regime na ilha, quer pelos seguidores dos irmãos Castro, que anseiam por um rejuvenescimento político.

Georges Bush aplaude a decisão de Fidel, mas não vai levantar o bloqueio económico total que os EUA impuseram a Havana, em 7 de Fevereiro de 1962.

Espera-se portanto que Cuba possa congregar os apoios do Mundo para implementar as reformas que os cubanos desejam.