Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

01.Out.07

32 anos... à espera... deste dia

Porto 9834 Palácio de Cristal - Porto

 

Completei, ontem, 32 anos de serviço. De acordo com a lei em vigor, e dado que também já tenho a idade necessária, reúno as condições para me aposentar. Já fiz o respectivo pedido, com a antecedência devida. Se não tivesse sido revogado o diploma que permitia aos professores que viessem a aposentar-se durante o ano lectivo ficar dispensados da componente lectiva, não teria tomado a responsabilidade de leccionar a turma que me foi entregue este ano: um primeiro ano. Esta turma poderia e deveria ter tido, de início, um professor ou professora que a acompanhasse até final o ano lectivo.

Agora terei que esperar que me seja comunicada a aposentação. Até lá terei de esperar, sei lá quanto tempo mais...  Ou seja,  hoje, começo a trabalhar graciosamente para o ministério da educação.

Há 32 anos que estou à espera deste dia. É certo que, durante os primeiros anos, a espera não foi tão ansiosa, nem tão presente. O trabalho fazia e a reforma era uma realidade distante. Mas, nos últimos tempos, sobretudo desde 2005, a vontade de me aposentar passou a ter maior destaque na minha vida. Confesso que não é fácil deixar os alunos e alunas que me confiaram em Setembro.

A partir de hoje, fico à espera...

Pág. 2/2