Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

26.Jan.11

world press photo 2010: desporto (reportagem)

"A luta livre senegalesa, chamada laamb em língua wolof, é uma mistura de luta livre tradicional e boxe com mãos descobertas. Os combates transmitem-se pela televisãono país inteiro, e os mais importantes podem chegar a encher estádios com capacidade de cerca de 60000 pessoas. Os campeõesconvertem-se em heróis nacionais e podem ganhar enormes somas de dinheiro. Os melhores lutadores podem obter 85000 euros por combate, e inclusivamente nas províncias os bons lutadores chegam a cobrar 300 euros por combate, ainda que os prémios em dinheiro só foram um incentivo desde a década de 1960. Tradicionalmente, o laamb era uma demonstração das qualidades e da força dos homens jovens para conquistar mulheres e casarem-se com elas. Os rituais e o espectáculo do desporto centenário são quase tão importantes como a própria luta livre. Os marabouts, líderes religiosos de místicas confrasrias muçulmanas, fabricam amuletos e talismãspara que os lutadores tenham êxito, e untam seus corpos com poções e leite a fim de afugentar o mal."

 

Denis Rouvre (França)

(2.º prémio categoria Desporto - reportagem)