Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

23.Nov.06

luto

Foi aprovado o Estatuto do Ministério à revelia dos professores, numa demonstração de como é possível prestar um mau serviço à Educação em Portugal, por uma equipa ministerial autista, irresponsável, arrogante e  prepotente. Este é um Estatuto que visa apenas não gastar dinheiro com salários de professores, que pretende resolver o problema do défice à custa dos docentes.

Este Ministério, numa atitude de total desrespeito pelos professores, congelou em Agosto de 2005 a contagem de tempo de serviço para efeitos de progressão na carreira, sem ter preparada qualquer alternativa. Prepara-se para descongelar esse tempo apenas em Janeiro de 2008. São quase 3 anos de serviço. Nada a que os professores não estejam já habituados. Lembremo-nos, por exemplo, do congelamento em anos anteriores, dos aumentos de salários.

Por isso, acho que hoje é um dia de luto para a classe docente. Mas é também um dia de reforçar a luta pela dignificação duma profissão cuja tutela maltrata, desprestigia e não merece. Refira-se, no entanto, o único aspecto válido deste processo: a união dos docentes, muito bem representados pelos 14 sindicatos que compõem a Plataforma Sindical.