Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

08.Fev.07

uma vergonha

É uma vergonha que, segundo o Público de 7 de Fevereiro, 48 000 funcionários públicos não tenham direito a subsídio de desemprego caso fiquem sem trabalho. Esta situação abrange professores universitários, médicos, enfermeiros, pessoal administrativo, contínuos e investigadores. E, embora o problema tenha sido denunciado em 2002 pelo Partido Socialista, na oposição, ainda nada tenha sido feito para alterar a inconstitucionalidade.

Mas, o que mais é mais vergonhoso é que, no mesmo país em que se trata tão mal quem prestou serviços ao estado, haja ministros a receberem subsídio de alojamento.

Haja moralidade.