Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

"à espera de godot"

"... é uma coisa que não é, mas faz de conta que é para ver como seria se fosse."

20.Mai.07

25 de abril, sempre; fascismo, nunca mais.

"Transcreve-se um comentário jocoso feito por mim, dentro de um gabinete a um <colega> e retirado do anedotárionacional do caso Sócrates/Independente, pinta-se, maldosamente de insulto, leva-se à directora regional de Educação do Nortr, bloqueia-se devidamente o computador pessoal do serviço e, em fogo vivo, e a seco, surge o resultado: <Suspendo-o preventivamente, instauro-lhe processo disciplinar, participo ao Ministério Público>

 

 

 

Estas são as declarações de Fernando Charrua ao Público de 19.05.2007. Por este andar, a directora regional vai ter muito trabalho para pôr na ordem todos quantos se referem, de forma jocosa ou mais séria, pública ou nem tanto, de todos quantos se referem, referiram ou ainda se hão-de referir à trapalhada da licenciatura da independente.

Sugiro que comece pelo Ministro dos Transportes, Mário Lino e pela seu "insulto" ao primeiro ministro devidamente transmitida pelas televisões para quem quis ouvir.

Este estilo de governação, que incentiva a delação, cheira a bafio, é salazarenta, pidesca, cerceadora da liberdade de expressão num país que se quer democrata.

Expresso aqui a minha solidariedade com Fernando Charrua, contra este excesso de zelo fascista. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.